foto

Oficina de escrita: “A narrativa como elefantes brancos: o que Hemingway pode nos ensinar”, com Cristiano Baldi

Data / Hora
03/02/2018 - 04/02/2018
15:00 - 18:00


Quintaleiros e Quintaleiras,convidamos vocês para a primeira oficina de escrita do ano de 2018:

“A narrativa como elefantes brancos: o que Hemingway pode nos ensinar”, com Cristiano Baldi, escritor e professor de Letras e Escrita Criativa da PUC do Rio Grande do Sul.

Baldi organiza também o .TXT, workshop de literatura contemporânea da Perestroika Escola de Atividades Criativas. É autor de Ou clavículas (Livros do Mal, 2002) e do romanceCorrer com rinocerontes (Não Editora, 2017).

Sobre Correr com rinocerontes:

http://miltonribeiro.sul21.com.br/2017/08/28/correr-com-rinocerontes-de-cristiano-baldi/ 

 

Sobre a oficina: 

A partir de um close reading de um célebre conto de Ernest Hemingway, introduziremos os cinco elementos da narrativa (tempo, espaço, personagens, enredo e narrador) e discutiremos a intrincada relação estabelecida entre eles. Analisaremos o tratamento dispensado por Hemingway a cada um dos elementos, procurando identificar recursos e artifícios capazes de melhorar a nossa própria escrita.

 

Sobre o conto Colinas como elefantes brancos:

Colinas como elefantes brancos foi publicado pela primeira vez em 1927 e surpreende até hoje pela atualidade da forma. O conto tem uma construção aparentemente simples, mas possibilita análises profundas de seus elementos constitutivos.

Um narrador próximo da câmera, com quase nenhuma onisciência, levanta, a partir de suas rígidas regras internas, questões que influenciam e determinam o tratamento do tempo, a ambientação, a caracterização e a exposição do enredo.

O que Hemingway consegue com este trabalho é uma economia absoluta, bem ao seu gosto, em que mesmo o conteúdo que nos parece gratuito é imprescindível para a obtenção do efeito.

A oficina pretende desmembrar essa narrativa – e mostrar como cada elemento é interdependente dos demais e como qualquer variação nas leis internas de uma narrativa reflete forçosamente em todos os demais aspectos. Com a análise dessa modulação de conjunto – o conto como uma sinfonia –, pretendemos identificar e trabalhar criativamente os artifícios desenvolvidos pelo autor no texto em questão.

 

Conteúdos:

  1. O Iceberg de Hemingway;
  2. Diferenças entre cena e sumário narrativo;
  3. Colinas como elefantes brancos – leitura preliminar e discussão;
  4. O Narrador: pode alguém saber tão pouco?;
  5. O tratamento do tempo: o irrelevante imprescindível;
  6. Espaço e simbolismo;
  7. Enredo: uma estória em que nada acontece?;
  8. Personagem: caracterização a partir da escassez;
  9. E as malas vão para o outro lado: um exercício de interpretação do desfecho;
  10. Exercícios criativos.

 

Formato: curso de seis horas, dividido em dois encontros de três horas/dia.

Data: 03 e 04 de fevereiro, sábado e domingo.

Horário: 15h às 18h

Local:  Quintal Amendola – Alto de Pinheiros

 

VAGAS LIMITADAS!!

 

Mais informações: favor enviar email para quintalamendola@gmail.com OU entrar em contato com Daniela (996092031)

 

Agradecemos o interesse e esperamos contar com sua presença no nosso primeiro encontro de 2018.

 

Feliz ano novo!

Reservas

O Quintal Amendola é localizado em São Paulo, no bairro Alto de Pinheiros. Para receber o endereço completo, é necessário fazer sua reserva em uma ou mais atividades.


Comments are closed.

Design por Thomas Mourão